conquiste o seu publico na internet pessoas no celular

Aprenda mais sobre a internet para igrejas e  conquiste seu público de fiéis

Campanha: Não perca os jovens

A igreja desempenha papel fundamental em nossa sociedade, doutrinando e levando as pessoas para o caminho de Deus. Dessa forma, abordaremos a seguir o evangelho, a internet, e maneiras para que o pastor conquiste o seu público na internet.

Reflexão

“Então, Jesus aproximou-se deles e disse: ‘Foi dada toda a autoridade nos céus e na terra.  Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,  ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. (Mateus 28.18-20)

A evolução da comunicação

conquiste-o-seu-publico-na-internet-pastor-igreja-antigamente

Vivemos em um mundo dinâmico e globalizado, onde a comunicação se reinventa todo o tempo. Saber falar com as pessoas, conseguir passar uma mensagem dentro da realidade de cada um é crucial, e nosso Senhor Jesus Cristo, mais do que todos foi um comunicador brilhante. Sem precisar de tecnologias ou outros recursos, espalhou a palavra com tamanha grandeza que suas falas continuam atuais até os dias hoje. Conquiste o seu público na internet, pois as ferramentas facilitaram o trabalho como nunca antes visto. 

O jornal, rádio e a televisão, já foram em algum momento da história o principal meio de comunicação da humanidade. Em 1953, milhões de pessoas acompanharam a coroação da então princesa Elizabeth II, ao vivo, através de rádio e televisão. Fato inédito tanto para a realeza quanto para a igreja, ocorreu no Reino Unido e foi acompanhada pelo mundo todo. Tornando-se o maior acontecimento da mídia em sua época. Apesar de contrariada por parte da igreja, a transmissão do evento foi um sucesso, espalhando a mensagem da coroação da rainha e informando o mundo.

O que foi um dia tão revolucionário para época, hoje novamente se transforma. As transmissões de conteúdo televisivo, tem migrado para a web nos chamados OTT (Over The Top), o que nada mais é que a distribuição digital do conteúdo da TV pela rede de internet, fornecendo a mesma experiência (ou melhor). Vão de documentários, filmes, novelas, séries e até vídeos via streaming (transmissão online), como Netflix ou YouTube, que certamente você os conhece e já utilizou ao menos uma vez. É necessário que se conquiste essa confiança com a internet e seus artifícios para que se alcance o público geral e os converta para a graça de nosso Senhor.

Dados e possibilidades

A comunicação nunca foi tão disseminada como atualmente, graças a internet. No Brasil já são cerca de 116 milhões de pessoas conectadas a ela, segundo diz  pesquisa de 2018 do IBGE. Mais da metade da população (64,7%), vive no meio digital conversando com amigos e a família, buscando notícias e informações de seu interesse em buscadores como o Google, diariamente. Em vista disso, como visto no artigo anterior, passamos cerca de 9 horas navegando na internet, muita das vezes em nossos celulares. Um estilo de vida já enraizado, de acordar, pegar o celular e utilizá-lo até antes de dormir. Já nos acostumamos a isso, e é completamente normal! Mas é tão importante assim utilizá-la a favor da fé em Cristo e para o evangelho?

Sim, é dever da igreja, pois é notória a evolução da comunicação, quando pensamos que antes uma via única de apenas receber a informação, agora tem dois lados onde podemos comentar, conversar e interagir. Enquanto muitos pastores têm certo receio do meio digital, outros já aprenderam a reforçar seus ministérios encontrando seus fiéis online. Jesus dizia a todos “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida a perderá; mas quem perder a sua vida por minha causa, este a salvará” (Lucas 9:23-24). Portanto é uma maneira de seguir Jesus e continuar espalhando a sua mensagem falando da forma que as pessoas entendam em um dos meios mais populares da atualidade, aliando mais uma força para aproximação da igreja com a comunidade.

Com as ferramentas disponíveis para que se conquiste mais espaço entre os cristãos e na internet, o seu público irá facilmente multiplicar.

A importância de um forte engajamento da igreja nas redes sociais

conquiste o seu publico na internet celular redes sociais iphone

O próprio Senhor irá à sua frente e estará com você; ele nunca o deixará, nunca o abandonará. Não tenha medo! Não se desanime! (Deuteronômio 31:8)

A internet tornou-se um meio de expressar a comunicação, essencial no mundo. Graças a ela, as distâncias foram encurtadas, as pessoas ganharam vozes para opinarem sobre assuntos do cotidiano e, principalmente, para aqueles que desejam alcançar mais vidas, dentro ou fora da sua comunidade, essa será uma ferramenta inquestionável para o seu propósito e para os desígnios de Deus.

Segundo um estudo de 2018: “Digital in 2018 Global Overview”. As maiores redes sociais no Brasil são: YouTube, Facebook e WhatsApp. Ainda, 85% dos usuários utilizam a internet em uma média de 9 horas por dia. Dentre eles, 120 milhões de usuários utilizam aplicativos para redes sociais em celulares e o Instagram é a rede social que mais cresce atualmente. Cada vez mais os brasileiros utilizam a internet e suas redes sociais, seguindo uma tendência mundial de meios de acesso via banda larga móvel.

Somente com base nessa pesquisa, podemos concretizar a importância em fortalecer a palavra da sua igreja na internet. Seja por meio de um website, expandindo-o para as redes sociais e aplicativos para assim fortalecer e estabelecer a imagem da igreja para alcançar mais vidas.

Entretanto, quando se trata de inserir a igreja na internet, essa área ainda possui poucos interessados ou corajosos dispostos a enveredar-se em um ambiente desconhecido. Em comparação a outros países, como os EUA, onde a igreja, o marketing e a internet desenvolveram uma boa relação e conquistam fiéis e espaço com planejamento, aqui no Brasil, ainda é lenta essa aproximação da igreja com a inclusão digital. Além disso, os responsáveis pelas igrejas não sabem como lidar com essa ferramenta para evangelizar a distância.

O alcance das redes sociais

Levando em consideração de que é possível ampliar o alcance a novos fiéis e fortalecer a fidelização dos atuais, as igrejas deveriam investir mais nessas ferramentas e não demonizá-las, assim como alguns líderes ainda fazem. Essa atitude impossibilita que o pastor conquiste a atenção do público e os converta pela internet.

Há muitos exemplos de engajamento que deram certo e continuam funcionando. Geralmente as redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram, etc), servem como um mural para publicações sobre eventos e notícias, compartilhamento de mensagens curtas e passagens bíblicas, direcionando para o website da igreja. Esse sim, deve conter mais conteúdo e um espaço para o pastor se aproximar da comunidade, com comentários sobre o culto passado, explanações sobre trechos bíblicos e textos mais longos.

Seguindo ainda o exemplo de igrejas dos EUA, inclusive como sucesso em engajamento, podemos contar casos em que o uso do Twitter serviu para envio de mensagens de fé durante os cultos dominicais. Ou em Nova York, na igreja Trinity, onde durante a celebração da Páscoa, quando se exibia uma peça contando a morte e ressurreição de Cristo, essa mesma ferramenta foi utilizada para alcançar milhares de espectadores pela rede, e contar a história dos principais personagens. Não apenas aos que estavam na apresentação, mas todos que tivessem acesso ao perfil da igreja. Possibilitando assim, evangelizar centenas de pessoas e trazer ao perfil da igreja milhares de seguidores. Não há como negar que muitas vidas podem ser alcançadas por meio dessas ferramentas para a glória, doutrina e propósito da igreja.

Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens. (Colossenses 3:23)

Por que fidelizar os fiéis na internet?

conquiste o seu publico na internet mulher sando notebook sentada em frente a janela

E consideremos uns aos outros para nos incentivarmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês veem que se aproxima o Dia. (Hebreus 10:24-25)

Atualmente, uma das maiores dificuldades das igrejas evangélicas é falar com o público, principalmente com os jovens. Já falamos sobre isso em textos anteriores, assim como, sobre a importância do engajamento. Falaremos agora sobre as maneiras e importância da fidelização do cristão pela internet e como isso pode afetar positivamente o Ministério.

Um dos objetivos centrais e precisos para fidelizar os fiéis da sua igreja é garantir esse cristão como integrante do seu ministério e não perdê-lo para outro, interagindo constantemente com ele.

Como os cultos e eventos possuem horários fixos na igreja, por vários fatores, há a possibilidade de que alguns fiéis não possam comparecer naquele específico momento. Além do mais, outra forma de lembrá-los desses eventos e horários de cultos é por meio de mensagens distribuídas ao longo da semana, via aplicativos de mensagem e pelas redes sociais, com conselhos para o dia a dia, no qual auxilia o cristão em como agir para tornar-se mais fiel a Deus e resistir às tentações.

Quando se tem interesse em planejar e desenvolver estratégias para atrair mais pessoas, até mesmo de locais distantes, e fidelizar o seu público alvo, não faltam ferramentas e opções disponíveis na internet.

Desde aplicativos às redes sociais, com o auxílio das tecnologias, podemos fazer uso de podcasts ou Web Rádios para transmitir a palavra do Senhor para pessoas distantes. E dessa forma, fazer transmissões ao vivo ou gravadas via redes sociais ou diretamente pelo website da igreja. Existem outras ferramentas que com toda certeza, atrairão mais essa geração, sempre conectada.

A oportunidade é toda sua

Com aproximadamente uma hora por dia, é possível atualizar todo o conteúdo que será disponibilizado aos fiéis e distribuí-los pelos canais de escolha. Além de aproximar cada vez mais a Congregação, diminui as distâncias e encurta o tempo de resposta entre a igreja e o fiel.

Exemplos de sucesso são da Igreja Universal do Reino de Deus: a “Comunidade Universal”, um espaço aberto que promove o diálogo e a interação entre os membros. Além de fotos, vídeos, chats e fóruns, a rede possibilita aos integrantes criarem o seu próprio blog e postagens sobre eventos que irão acontecer. Ou mesmo da AD Belém, que conta com a transmissão de sua Web TV, pedidos de oração e localização de igrejas online.

Esses são exemplos que começaram a dar certo, graças ao interesse dos responsáveis pela igreja e a coragem em investir em ambientes e ferramentas tecnológicas pouco valorizadas e até mesmo ignoradas por outras igrejas. É preciso coragem para que se conquiste os benefícios que a internet tem a oferecer ao seu público. Ainda mais, para conhecer essa ferramentas que aumentarão e enriquecerão o ministério e os propósitos de nosso Senhor.

Há sim, uma grande oportunidade para as igrejas que tomarem a frente nesse desafio de aceitar essas novas ferramentas e falar a linguagem da nova geração, mas a recompensa será muito maior que o medo, ou as dificuldades envolvidas nesse caminho de pregar a palavra de nosso Senhor Jesus Cristo.

“Dizendo: ‘Eu o farei prolífero e o multiplicarei. Farei de você uma comunidade de povos e darei esta terra por propriedade perpétua aos seus descendentes’.” (Gênesis 48:4)

Ferramentas de interação para sua igreja

conquiste o seu publico na internet celular redes sociais facebook

Agora que já sabemos a importância da internet, vejamos como podemos fazer com que ela conquiste mais público. Comecemos com um bom planejamento. Todo Ministério tem seu próprio jeito de fazer as coisas, seu horário, normas, cultos e eventos para pregar. Como então melhorar as redes sociais e o site da igreja?

A Palavra do Senhor e a Bíblia sempre serão guia no caminho de Deus. Mas existem ferramentas que auxiliarão os pastores a propagar vossos ensinamentos a fim de mantê-los em propósitos cristãos. Nesse ponto, a produção e distribuição de conteúdo cristão é indispensável para alcançar as almas desamparadas em caminho da glória. Com tanta informação em abundância e a todo instante, precisamos levar o melhor dela. Entenda o levar conteúdo, como compartilhar de acordo com a fé desde mensagens bíblicas, teatros, músicas e cultos. Ou melhor, produza conteúdo próprio, como adoração, apresentação, aulas dominicais, pregações e testemunhos. Nesse sentido, a internet serve de auxílio para que você conquiste não só o espaço virtual, mas também novo público.

Os cultos devem chegar ao maior número de pessoas possível. Seja na igreja ou na internet através de transmissões via Web Rádio ou Web TV. Podendo ser gravadas ou ao vivo direto do site da igreja. Muitas igrejas já fazem transmissões de seus cultos, como é o caso da Igreja Assembléia de Deus Belém. O website é o principal canal de informações com cultos, eventos e palestras da igreja. Em que os fiéis podem acompanhar mesmo de casa, quando não puderem ir até ela.

O estreitamento entre igreja e fiel fica mais fácil

Há espaço também para chats, enquetes e doações de dízimo online. Os chats trabalharão principalmente a parte do engajamento, através da interação entre as próprias pessoas sobre o culto por exemplo, tudo no mesmo player (reprodutor de áudio/vídeo) dentro do site. Precisamos lembrar que existem muitos acamados, impossibilitados fisicamente e outros que não podem comparecer nos horários fixos do Ministério. Quando utilizar redes sociais para transmissões, o Live Social é uma retransmissão simultânea de vídeo ao vivo. Onde alcançará todos os fiéis, em diversas redes sociais, bem como o Facebook, Instagram, Twitter, Twitch e Youtube.

Estas ferramentas possibilitarão uma interação por parte dos fiéis com a igreja, gerando assim engajamento maior com a comunidade. Assim, esta interação pode partir desde comentários e mensagens para igreja em resposta aos eventos futuros e mensagens bíblicas. Assim como, a participação de cultos à distância, levando a palavra de Cristo mais longe, sem barreiras físicas. Acolhendo e dando mais opções aos fiéis de alcançarem os ensinamentos da Bíblia. A internet e suas ferramentas possibilitam que se conquiste um público maior, enfraquecendo o inimigo.

“Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam” (Hebreus 11:6). A Palavra de Cristo é o caminho e seus filhos estarão bem orientados pela sua igreja onde quer que estejam. Mostramos que criando um vínculo entre a comunidade cristã e a igreja, ganhamos pessoas de bem pela fé. Atualizar-se com as tecnologias do novo século é saber entender as pessoas e desenvolver a empatia. Preocupar-se também com o diálogo com os jovens, como já vimos em nosso primeiro texto, levando fé para mais almas. Assim como, se conquiste mais espaço na internet a medida em que o público em geral se converta em seguidores.

A importância de um site próprio e os seus benefícios para a igreja

conquiste o seu publico na internet biblia aberta

“Quanto aos nossos, que aprendam a dedicar-se à prática de boas obras, a fim de que supram as necessidades diárias e não sejam improdutivos.” (Tito 3:14).

Após essas informações e dicas para desenvolver a imagem da igreja, engajar e fidelizar as pessoas pela internet. Além de convertê-las, é claro! Surge mais uma questão: “qual é a importância de manter um site próprio e atrair os fiéis para ele?

Crer que apenas uma página nas redes sociais é o suficiente para fidelizar o seu público. Ao mesmo tempo que gerenciar um site é muito trabalhoso e caro são erros graves. Existem plataformas de fácil uso e que resultam em sites incríveis. Mas ignorar isso é desperdiçar o alcance da internet, assim como negar que se conquiste mais fiéis e público diverso. 

Quem se recorda das primeiras redes sociais, lembra-se do “Orkut”, a mais famosa de seu tempo. E que já desapareceu, decerto compreende o ponto em questão.

As pessoas se cansam. Dessa forma, a igreja que possuía apenas uma página em rede social, será abandonada e esquecida também.

Mesmo as mais poderosas redes sociais, um dia podem desaparecer e levar todos os grupos e contatos juntos. Ou perdem a relevância e entram em decadência, como as redes sociais: Google Plus, Snapchat, Myspace, entre outras.

As redes sociais precisam ser utilizadas como meio e não como fim pelas igrejas. Ou seja, o foco é utilizá-las para direcionar as pessoas ao site da igreja. Auxiliando para que você conquiste o seu público na internet.

Outro erro é pensar que para manter um website é preciso gastar muito dinheiro ou tempo. De maneira idêntica pensar que é algo muito difícil para se fazer. Deve-se considerar todos os benefícios que a centralização de informações que um website pode oferecer entre a igreja e fiéis.

O planejamento e a organização como aliados

Organizar as informações para que os fiéis possam acessá-las, todas reunidas em um único lugar. Até mesmo, atrair pessoas interessadas em conhecer a sua igreja física, ao buscarem pela internet.

Oferecendo espaço para orações, compartilhamento de eventos e possibilitando expandir a palavra da igreja em níveis global. Disponibilizar áudios referentes aos cultos, orações e conselhos, assim como economizar em gastos com propagandas em redes sociais. Possibilitando assim, firmar a sua igreja mundialmente ao lado das mais modernas e relevantes da atualidade.

Hoje, existem vários modelos de websites e blogs possíveis de serem adaptados e gerenciados por qualquer pessoa. Até mesmo o pastor ou um membro da igreja, ou mesmo se interessar o investimento, por uma agência. Dessa forma, em pouco tempo é capaz de desenvolver e manter o site e as redes sociais da igreja. Investir para que se conquiste seguidores na internet é importante, mas direcionar o público para um site próprio é melhor.

Há ferramentas simples e as mais sofisticadas. Todas podem ser utilizadas, assim como, também existem diversas plataformas para desenvolver o site. Entre eles, Wix, WordPress, Squarespace e o FrameSites. Esse último, um dos mais completos para Streaming, com ferramentas personalizadas e de fácil administração. Possibilitam personalizar ao máximo o site da igreja para as necessidades do dia a dia.

Dessa forma, fortalecendo a sua igreja com um website próprio, não há perigo em tornar-se “refém” das redes sociais. Elas servirão para auxiliar a direcionar o público para o site da igreja, além de compartilhar informações referentes à igreja.

Compartilhar a fé online, arrebatar e resgatar fiéis, basta apenas interesse e disciplina para que o pastor alcance essa graça. Conquiste-os, pois a internet possibilita muito o alcance ao seu público.

“Consagre ao Senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos.” (Provérbios 16:3)

Prepare-se para a produção e transmissão

conquiste o seu publico na internet mulher sorrindo mundo

A comunicação da igreja é chave na evangelização de novos fiéis, ela precisa estar em todos os meios e estar atualizada das novas tecnologias para atingir o maior número de almas, então cuide de vossos irmãos como Deus cuida de nós. Para que a igreja conquiste um público maior, a internet deve ser sabiamente utilizada. Por isso tudo, vimos que é indispensável nos dias de hoje utilizar a internet e suas ferramentas para estarem cada vez mais próximos da comunidade e da propagação da fé em Cristo. “O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé”. (1 João 5:4)

No próximo artigo entenderemos um pouco mais sobre a produção e transmissão de conteúdo via Streaming. Assim como, custos de implementação e do que será preciso para levar seus cultos para mais fiéis.

Próximo artigo: Equipamentos de filmagem para igrejas