lives agronegócio

Fazendas conectadas ainda são um desafio. De acordo com o último Censo Agropecuário, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 70% das propriedades rurais do país não têm acesso à internet. No entanto, já procura-se soluções para isso. Tanto que o número de Agtechs, startups voltadas para a agropecuária, triplicou de 2017 para 2020. O gerente de universalização da Anatel, Eduardo Jacomassi, afirmou que no próximo leilão da agência as operadoras serão obrigadas a expandir a conectividade para o campo. Todos esses obstáculos não foram empecilho para que as lives fossem adotadas pelo agronegócio, setor responsável por 20% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Desde o início das restrições devido à Covid-19, que o número de eventos on-line com temáticas do setor tem crescido. 

Os formatos encontrados por quem vive da produção agropecuária vão de feiras on-line a congressos, como vamos mostrar a seguir. 

Cursos on-line para o agronegócio

Foi-se o tempo que o homem do campo não estudava constantemente. Durante a quarentena, diversos cursos EAD voltados para o agronegócio foram lançados. A indústria 4.0 também chegará às fazendas, como afirmaram especialistas em uma matéria do G1. Dessa forma, os agricultores e pecuaristas precisam de qualificação. 

A Agroschool, por exemplo, lançou o curso “Finanças Inteligentes no Agronegócio”. A empresa tem uma plataforma EAD exclusiva para a agropecuária, com plataforma de acesso exclusivo para alunos. Existe um curso da empresa, o de Barter, que é exclusivo no Brasil. 

Com os cursos on-line mais em alta do que nunca (mostramos neste outro artigo), transformar seu conhecimento em negócio é uma ótima opção. A área ainda tem poucas ofertas em relação a outras. Assim, o segmento ainda é pouco explorado, o que é excelente para ser pioneiro no setor e ganhar mercado. Comece agora e saia na frente.  

Um ciclo de palestras da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) sobre temas relevantes do setor, como a agricultura sustentável também foi realizado. Isso mostra que até as instituições de ensino têm se adaptado, mesmo aquelas de cursos em que os alunos não são tão conectados, como os das graduações de agricultura, por exemplo. 

Bate-papos em lives 

A Bayer, marca muito presente no agronegócio, incluiu as lives no programa de relacionamento Impulso Bayer, criado durante a crise da Covid-19. Ele é voltado para clientes da empresa, requer notas fiscais para cadastro. Mas as lives são gratuitas e quem não é associado também pode assisti-las, inclusive quem não é do agro. 

Outras experiências são exclusivas para o associado, como consultoria on-line com especialistas. 

Os bate-papos virtuais funcionam para maior difusão da marca e divulgação do programa. Ou seja, aqueles que ainda não fazem parte do Impulso Bayer pode ter o interesse despertado para aderir ao programa. Um dos temas foi sobre assessoria para profissionais do campo, um serviço que a Bayer oferece. 

As lives frequentemente são utilizadas para este fim, capturar leads, que podem ser traduzidos como potenciais clientes. A JMV Stream, inclusive, tem uma ferramenta para facilitar essa captação de leads porque notou que muita gente usava os vídeos ao vivo com este objetivo. 

A Bayer vem promovendo ‘talks’ que vão de orientações técnicas, como comercialização da safra e controle de pragas, até questões contemporâneas como o mundo pós-pandemia. Por isso, a empresa trouxe profissionais como Leandro Karnal e Ricardo Amorim, ambos especialistas que não atuam diretamente com o campo. Karnal é historiador e filósofo, Amorim é economista e empreendedor. Por isso, a Bayer conseguiu produzir conteúdos diversificados com as lives dentro da temática do agronegócio. 

Conferência on-line para o agronegócio

“Agronegócio: conferência online” – este foi o nome de um evento virtual realizado em dois dias com mais de 20 especialistas em agronegócios. As palestras foram organizadas pela Infomach e tiveram o apoio da AWS, plataforma de e-commerce da Amazon, Associação Brasileira de Reciclagem Animal e outros parceiros de peso. Foram abordados temas como uso de drone na agropecuária, como a inteligência climática especializada otimiza o trabalho de equipes agrícolas e outros. 

O formato também foi de live aberta no YouTube. Mas quem realiza esse tipo de evento também pode optar por realizar as palestras em uma plataforma com área de membros, o que permitiria a cobrança de ingressos. 

Feiras agrícolas on-line 

Não só as lives sobre agronegócio ganharam destaque, as feiras on-line está sendo uma alternativa para muitos trabalhadores. Os feirantes foram atingidos em cheio pela pandemia, mas o poder público e eles encontraram soluções na internet. Feiras virtuais surgiram em todo Brasil. Algumas, como a do estado da Paraíba, tem um site em que são apresentados os produtores rurais e seus produtos. A plataforma foi desenvolvida em parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFPA). 

O ambiente dá espaço a 150 agricultores que trabalhavam na Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf).  

Em Unaí, Minas Gerais, também há uma feira virtual. A prefeitura disponibiliza um PDF bem completo no site. Há informações sobre a forma de pagamento, entrega, mercadorias disponíveis e preços. A prefeitura de Almenaja, também em Minas Gerais, disponibiliza uma lista com nomes de agricultores e contato. 

Outras empresas, como a Fazenda Mabela, de Divinópolis, Minas Gerais, tem um software em que o cliente tem acesso a lista de produtos com recursos para compras. O negócio funciona virtualmente desde antes da pandemia. Quando começou o isolamento, a entrega da cesta em casa foi ampliada. 

Em um futuro próximo, imaginamos que os feirantes também vão aproveitar melhor a internet com produção de conteúdo em texto, vídeo e áudio. Alguns agricultores, inclusive, já têm usado esses recursos. 

O avanço da internet no campo deve fazer com que a presença do campo na internet se intensifique, além de levar automação para a fazenda e recursos de gestão tecnológica para as lavouras e cadeia produtora de leite. 

Plataforma para cursos e streaming 

Para ajudar os profissionais do campo, a JMV Stream tem diversos recursos. No grupo JMV Technology, desenvolvemos uma plataforma EAD completa e segura. A DRN Imagens existe para ajudar aqueles que precisam de gravações de alta qualidade e a JMV Stream te oferece transmissão de vídeos em live streaming ou on demand. Converse com nossa equipe e fique mais perto do futuro do agronegócio!